sexta-feira, 20 de maio de 2011

Marcha da Maconha em Natal Liberada

Hoje (20/05) tivemos uma reunião com o Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte, onde estavam presentes o promotor Maranto Filgueira, Ten Cel. PM Alarico (sub-comandante do CPM), Ten Cel PM Edson (Chefe de Operações do CPM), Major PM Vilela (Adjunto da Seção de Operações do CPM), Dr. Odilon Teodósio (Delegado da DENARC), Pedro Siqueira (adv. da Marcha), e Isabela Bentes (Marcha da Maconha).

Na reunião que durou em torno de 2h30min, foram colocados inúmeros termos como condição para realização da marcha da maconha em Natal. A maioria deles, ao nosso ver,  cercearam muito a organização do movimento como, por exemplo, a determinação para a marcha terminar às 17h, com tolerância de 30min., lista para cadastro dos organizadores, lista de quem estará permitido a falar no microfone, nome e cadastro dos músicos que irão tocar na marcha, camisas com a sinalização de organização do evento. Vemos que isso é uma permissão tímida para ocorrer a manifestação. Porém, conseguimos acordar que em caso de  uma possível abordagem, ela deverá ser acompanhada por um dos organizadores da marcha, podendo ser filmada e evitando qualquer revista agressiva aos manifestantes.  
 
Lembrando sempre que não será permitido o consumo e a venda de qualquer substância ilícita na marcha. A manifestação é em prol de tornar legal algo que ainda é proibido. Portanto, esclarecemos que toda e qualquer conduta criminosa que ocorra durante a marcha da maconha será tomadas as medidas cabíveis em caso de flagrante. Cada indivíduo responde por si só, não cabendo ao advogado ou a qualquer  um que seja identificado como organizador da marcha da maconha ter responsabilidade sobre o outro. 
 
Portanto, dia 28.05, às 14h,  no largo do Bar Astral (Av. Erivan França), levem seus cartazes, faixas, manifestações artísticas para às ruas. Lembrando que apologia às drogas é crime!
 
MARCHA GERAL!!!!!!!!!!! 

3 comentários:

  1. Estou muito feliz em saber que a marcha foi liberada...vou mandar um agoraaaaaaa..

    ResponderExcluir
  2. o negócio é poder plantar em casa.

    ResponderExcluir